54.3462.4895 - 54.3464.1229
contato@plclareiras.com.br

novidades

A Evolução das Lareiras à Lenha

Quarta-Feira, 19 de dezembro de 2018

Hoje podemos desfrutar de todo aconchego de nos aquecer em frente à lareira em uma noite de inverno. Mas as lareiras nem sempre foram usadas com esse propósito e nem sempre foram tão eficientes...

De um item de sobrevivência a um equipamento moderno, as lareiras evoluíram muito com o tempo e têm uma história para contar!

A História do Fogo

Desde o início dos tempos, mesmo em sua forma mais primitiva, o fogo era essencial para a sobrevivência humana. Vital para todos os nossos ancestrais, os ajudou a cozinhar, a se aquecer e a se proteger de animais selvagens.

A capacidade dos nossos antepassados de dominar o fogo foi um importante ponto de virada para o aspecto cultural da evolução humana, garantindo a mobilidade e em decorrência disso, o desenvolvimento de civilizações.

Nos dias de hoje podemos dizer que a evolução da tecnologia é caracterizada pelo controle cada vez maior sobre a energia, pelo aumento de eficiência e diminuição da poluição.

A História das Lareiras

Mesmo que a data exata da invenção das lareiras seja desconhecida, sabe-se que elas foram usadas por milhares de anos, começando durante a Idade da Pedra como simples buracos escavados.

Durante o período medieval, fogueiras eram construídas no meio da sala das residências e a fumaça escapava através de um buraco no teto. A colocação de chaminé nas lareiras surgiu ainda na idade média, o que facilitou bastante a utilização da peça. Já no século XI, os edifícios de dois andares eram mais comuns e, com essa mudança no design, os proprietários mudaram a lareira para a parede externa, levando à invenção da chaminé moderna.

Na década de 1740, Benjamin Franklin criou a Franklin Stove, um aquecedor a lenha muito popular com design de ferro fundido, produzindo mais calor e localizado no centro da sala.

Em 1796, Sir Benjamin Thompson, projetou um novo modelo de lareira, que durou até 1900 e serviu de base para todas as lareiras de hoje.

No século 20, os projetos de lareira se tornaram mais simples, com moldes de pedra ou tijolo.

Hoje em dia, as lareiras da PLC Invitation são de altíssimo rendimento, muito mais modernas, econômicas e menos poluentes. Elas ainda servem como a melhor fonte de calor, continuam para unir as famílias e se transformaram em um item central das casas modernas!

Comparativo entre os modelos atuais

Fogão a lenha Convencional

  • Certificação: Sem certificação;
  • Consumo de lenha: Alto - 10kg/h para mais;
  • Eficiência: Baixo - Entre 10 e 15%;
  • Índice de poluição: Alto - 15g CO2/h;
  • Área de Aquecimento: Baixa - 20m².

Lareira de Alvenaria Convencional

  • Certificação: Sem certificação (Não tem como ser certificada e geralmente volta fumaça)
  • Consumo de lenha: Alto - Até 30kg/h;
  • Eficiência: Baixo - Entre 1,5 e 3%;
  • Índice de poluição: Alto - 20g CO2/h (Não tem como medir, mas estimasse que seja acima de 20g); 
  • Área de Aquecimento: Baixa - 15m².

Lareiras Sem certificação Internacional e testes de qualidade (Lareiras fechadas com Vidro)

  • Certificação: Sem certificação;
  • Consumo de lenha: Moderado - 8kg/h a 14kg/h (Lenha com 15% de Umidade) e 5kg/h a 10kg/h (Lenha com 25% de Umidade);
  • Eficiência: Moderada - Entre 30 e 35% (Tecnologia antiga de dupla combustão); 
  • Índice de poluição: Médio - entre 8g a 12g CO2/h;
  • Área de Aquecimento: Média - entre 30m² e 150m².

Lareiras do Canadá - Importadas pela PLC (Dentro das normas internacionais 2010)

  • Certificação: EPA - Normas internacionais mais rigorosas do Canadá, EUA;
  • Consumo de lenha: Baixo - 3kg/h (Lenha com 15% de Umidade); 
  • Eficiência: Alto - Acima de 70%;
  • Índice de poluição: Baixo - Entre 4.5g e 5.5g CO2/h;
  • Área de Aquecimento: Alta - De 60m² até 250m²;
  • Chama máxima: Sistema de queima patenteado, com melhor aproveitamento da lenha: Economia sem poluir o ambiente. A chama máxima tem durabilidade de 2 à 6 horas (com lenha de até 15% de umidade) esse tempo não considera quando a lenha virar brasa, mas sim a duração real do fogo;
  • Garantia: 7 anos.

Lareiras do Canadá - Importadas pela PLC (Dentro das normas internacionais 2020)
Somente a PLC possui essa tecnologia no Brasil!

  • Certificação: EPA - Normas internacionais mais rigorosas do Canadá, EUA, França, Suiça e Austrália;
  • Consumo de lenha: Baixo - 1kg/h (Lenha com 15% de Umidade);
  • Eficiência: Alto - Acima de 82%;
  • Índice de poluição: Baixo - Entre 1.6g e 1.9g CO2/h;
  • Área de Aquecimento: Alta - De 80m² até 370m²;
  • Chama máxima: Sistema de queima patenteado com respiro automático, com melhor aproveitamento da lenha: Economia sem poluir o ambiente. A chama máxima tem durabilidade de 4 à 8 horas (com lenha de até 15% de umidade) esse tempo não considera quando a lenha virar brasa;
  • Garantia: 7 anos.

RESUMO DO CONSUMO

De 1900 até 2000 = 40 kg/h 
De 2000 até 2010 = Aproximadamente 8 kg/h
De 2010 até 2019 = Aproximadamente 5 kg/h
Lareiras PLC 2020 = 1 kg/h (Somente a PLC tem a linha dentro das normas 2020! - Primeiros do Brasil

 

Aqui na PLC Invitation trabalhamos com as melhores larerias do mercado, produzidas e importadas do Canadá. Estamos desde 2000 importando os melhores produtos, podemos dizer que somos o Benjamin Franklin no Brasil.

São diversos modelos divididos em 4 linhas:

  • Lareiras Embutidas: Após a instalação, pode ser embutida com acabamentos em MDF, gesso, madeira e granito - Pode ter Dutos e Serpentinas;
  • Lareiras Embutidas em Alvenaria: Podem ser embutidas em lareiras de alvenaria já existentes sem precisar quebrar  - Pode ter Dutos e Serpentinas;
  • Lareiras Expostas: Proporcionam calor constante para uma casa confortável - Não pode ter dutos, mas pode ter serpentina;
  • Linha Gourmet: Charme vintage para a sua cozinha! Fogões com estilo reminiscente do passado. Aqueça a sua casa e desfrute de deliciosas refeições. 

Temos a tecnologia para aquecer e desumidificar com segurança!